Com M maiúsculo!

Já teve a experiência de se surpreender com a performance ao vivo de algum artista que parecia possuir uma poderosa energia capaz de transcender as fronteiras da música, provocando sensações sinestésicas e uma troca envolvendo intensamente o público? Sabe aquele show que deixa todo mundo de queixo caído? Daqueles que conseguem fazer um estádio inteiro vibrar numa mesma sintonia? Tudo bem, sei que estas perguntas podem parecer meio nonsense a princípio, mas fato é que existem alguns (poucos) casos em que isto acontece. É como se alguns músicos fossem como antenas capazes de captar e sentir a melodia de forma mais forte, canalizando, amplificando e retransmitindo este sentimento para a plateia como se deles emanasse uma nova aura.

Tive o privilégio de assistir a algumas apresentações que marcaram para sempre o modo como eu enxergava (e ouvia) música e após refletir um pouco sobre o assunto achei que devia compartilhar isso com vocês.

Quem gosta de Florence + The Machine, Ben Harper, Pearl Jam e R.E.M. sabe do que eu estou falando. Basta assistir, mesmo que seja em casa, alguns minutos dos shows destes artistas para começar a entender. É como se eles carregassem uma espécie de luz interior capaz de revigorar e transformar o astral de todas as pessoas. O nível de entrega é completo e o público se contagia sentindo-se revigorado. Para eles a música é uma entidade sagrada, com nome próprio e começa com M maiúsculo.

Comentários (0)
Tags: apresentação, ben harper, concerto, eddie vedder, florence + the machine, foo fighters, michael stipe, música, pearl jam, r.e.m., rock, rock in rio, show,

Musicaholics

Algumas pessoas nascem com o poder de transformar qualquer projeto em sucesso…

Inquietos por natureza, estes três monstros da música colocam a essência de suas almas em cada nota de suas canções e quando estão no palco são capazes de engolir multidões com performances avassaladoras. E ainda assim possuem uma necessidade de fazer diferente sempre. A expressão “zona de conforto” simplesmente não existe para estes caras. Eles não sabem a diferença entre trabalho e lazer, portanto estão sempre criando, compondo, tocando, produzindo e se aventurando inclusive além da música. Eles são musicaholics.

Comentários (1)
Tags: beatles, dave grohl, foo fighters, jack white, música, musicaholics, Nirvana, paul mccartney, rock, sonic highways, the dead weather, the raconteurs, the white stripes,