O Cemitério dos Livros Esquecidos

Algumas pessoas acreditam que não somos nós (leitores) quem escolhemos os livros e sim o contrário. Eles ficam de tocaia nas prateleiras esperando para dar o bote e seduzir a presa mais especial. Considerando que isto seja verdade, acho que fui um baita sortudo ao ser hipnotizado pela obra do escritor espanhol Carlos Ruiz Zafón.

Poucos autores são capazes extrapolar as fronteiras das estantes e nos transportar a um mundo completamente novo. Estou falando daqueles gênios que conseguem encantar o leitor já nas primeiras linhas, fazendo com que mergulhemos de cabeça em suas narrativas, descrevendo cidades reais ou imaginárias com tanta propriedade a ponto de sentirmos como se já tivéssemos visitado estes lugares antes.

Comentários (2)
Tags: a sombra do vento, análise, autor, carlos ruiz zafon, crítica literária, dicas, literatura, livros, marina, O Jogo do Anjo, O Prisioneiro do Céu, zafon,